Retina Negra por Cristiane Sobral

Sou preta fujona

Recuso diariamente o espelho

Que tenta me massacrar por dentro

Que tenta me iludir com mentiras brancas

Que tenta me descolorir com os seus feixes de luz

Sou preta fujona

Preparada para enfrentar o sistema

Empino o black sem problema

Invado a cena

Sou preta fujona

Defendo um escurecimento necessário

Tiro qualquer racista do armário

Enfio o pé na porta da casa grande

E entro.

Foto Ricardo Pacheco maio 2016

Cristiane Sobral é carioca e vive em Brasília desde 1990. Escritora, atriz e professora de teatro.  Mestre em Teatro pela Universidade de Brasília, com pesquisa sobre a estética nos teatros negros brasileiros. Dirigiu a Cia de Arte Negra Cabeça Feita, (Teatro) por 15 anos. Imortal cadeira 34 da Academia de Letras do Brasil. Diretora de literatura afro-brasileira no Sindicato dos Escritores.

Publicações

O tapete voador, contos, ed. Malê, 1ª Ed, RJ, 2016;

“Não vou mais lavar os pratos”, poesia, 3ª ed. revisada e ampliada, ed. Garcia, SP, 2016;

”Só por hoje vou deixar meu cabelo em paz”, poesia, 1ª Ed, ed. Teixeira, DF, 2014;

”Espelhos, Miradouros, Dialéticas da Percepção”, contos, Ed. Dulcina, 1ª Ed , DF, 2011.

Publica em prosa e poesia desde 2000 na antologia “Cadernos Negros, Ed. Quilombhoje (SP), já publicou nos volumes 23-25, 29, 30, 32-38.

Escreve no blog: www. cristianesobral.blogspot.com.br, página no facebook: @CristianeSobralArtista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s